Últimos posts

Pesquisa

Publicidade


Oi amiga! Tudo bem?!
Eu vou indo, mas confesso a você como às vezes fico de cara com a velocidade das coisas hoje em dia, não sei se estou ultrapassada demais ou as pessoas que são esquisitas demais.
Você já notou na velocidade como as pessoas se apaixonam, postam fotos, fazem juras eternas de amor e de repente, puft acabou!

Ninguém se esforça pra fazer o certo, ninguém se esforça pra fazer dar certo, as pessoas estão muito mal acostumadas, com a mesma velocidade que elas se conectam a internet querem que o relacionamento dê certo, se começar a parecer complicado, não conversam com o parceiro preferem pegar o celular na mão e conversar com um amigo no Whatsapp, se aproximando de quem está longe, e se afastando de quem está perto. Um relacionamento é feito de altos e baixos, porém nem todo mundo quer pagar o preço quando ele se encontra no baixo. É triste mas é a realidade.

Quando você conhece alguém vai descobrindo afinidades, as novidades são sempre boas, mas depois com o tempo com o dia a dia, a rotina, vai cansando enjoando e por que não conversar com alguém novo, uma colega de trabalho, amigo de faculdade, que você deu uma skalteada no Facebook e Instagram e parece que tem a ver com você, tão diferente daquela pessoa que está ao seu lado que fazia de tudo por você, mas que hoje em dia não tem feito, você continua cobrando a ela que ela faça mas nunca se deu ao trabalho de perguntar o porque ela não faz mais.


Ai você começa a conversar com a outra pessoa, dar brecha pra algo, sente atração por ela e por que não terminar com quem você está? Aquele relacionamento que parece de merda, mas que há dois meses atrás você pensava que ela fosse a mulher da sua vida?! 
Ah quer saber, melhor dar o basta o ponto final, afinal essa pessoa que está ao seu lado, que muitas das vezes foi o seu porto seguro quando tu estava pra baixo, já não te satisfaz mais, porque você é foda e quer alguém "perfeito", que parece que tem os mesmos gostos e talvez sonhos que você! Ahhh pera, aquela que estava com você também tinha os mesmos sonhos, já parou pra se perguntar onde eles se desencontraram dos seus?! Hummm, não né!

Pois bem, a pessoa termina com a outra que fez de tudo por ela, que a apoiou e que a ajudou em momentos difíceis, sem pestanejar pelo simples fato de não ter paciência para manter um relacionamento e já vai logo se enfiando em outro e depois outro, sabe por quê?
Não existe pessoas perfeitas, e infelizmente essa geração a qual e talvez você pertence é aquela acomodada, cheia de querer e que não gosta de consertar nada, se está ruim, joga fora, simples assim!


Deixe seu comentário
Compartilhe

Comente pelo Facebook!

11 Comentários

  1. Nossa, esse texto me fez pensar um monte! Ultimamente as coisas andam cada vez mais rápido. Quase ninguém tem interesse em sentar com alguém e conversar no cara a cara sobre qualquer coisa que seja, nem que seja para conhecer melhor a outra pessoa. Até porque, já temos tudo mastigado mesmo. Nas redes sociais já mostramos tudo o que temos para mostrar: nossa opinião, nossos gostos, nossa rotina, nossas preferências. E por mais que mundo virtual não seja a vida real, vamos ao primeiro encontro com a falsa sensação de já conhecer alguém. E no primeiro desentendimento que surge, a pessoa já é descartada.
    Namoro a seis anos e meio com a mesma pessoa e todo mundo me pergunta como eu consegui e ainda consigo ficar com alguém por todo esse tempo, porque eu era muito nova quando comecei a namorar. Tinha 14 anos, hoje tenho 21. E a minha resposta é a mesma de sempre: amizade, paciência, confiança e auto-confiança. Porque só amor não sustenta um relacionamento. Quanta gente apaixonada nesse mundo e que não ta junto. É preciso ter em mente que namoro também é amizade, cumplicidade, parceria. É preciso primeiro confiar em si mesmo, para então confiar no outro. É preciso saber relevar e ceder às vezes também, nem sempre vale a pena ser dono da razão. Só com tudo isso, e suspeito que talvez um pouquinho mais, há a possibilidade de ter algo que dure.

    ResponderExcluir
  2. Oi carol, tudo ótimo!
    Muito prazer, sou mais outra ultrapassada.
    Não adianta que não consigo entender esses relacionamentos cheio de "sentimento explícito", mas na velocidade da luz. Acho que nunca entenderei!
    Adorei o post!
    Parabéns!

    bjOO

    Blog Breshopping da Dany
    Conheça também o Breshopping da Dany KIDS
    Instagram: @breshopping_da_dany
    Twitter: @brechodanylins

    ResponderExcluir
  3. Super concordo em grau e quantidade contigo. Hoje em dia tudo é descartável, até as pessoas se duvidar. Ninguém mais tem paciência para dar brecha ao amor. É normal, durante uma relação, as duas pessoas se afastarem por acaso ou estarem seguindo caminhos mais complicados, mas nunca que isso vai ser motivo para um descarte. A conversa sempre vai entrar na lista de primeira melhor opção. Se for certo terminar, termine, mas se acharem que algo pode ser feito, por que não fazer? As coisas andam mega rápidas e tudo parece meio de ponta cabeça, mas ter paciência e empatia em uma relação, seja ela qual for, muda tudo ❤

    ResponderExcluir
  4. Seu texto me chamou a atenção, mas vou deixar aqui meu testemunho de vida após terminar um namoro de 4 anos e 10 meses à 2 meses. Tanto eu e como meu ex, tentamos fazer com que esse relacionamento desse certo, porém tivemos muitos altos e baixos, para ser sincera com você, tivemos mais baixos do que altos nesses anos. E sendo mais sincera ainda,passamos por tantas frustrações que seria muito melhor que esse namoro tivesse acabado a mais tempo, cada um seguisse a sua vida se apaixonando por outras pessoas porque no final nós 2 saímos muito, mas muito machucados.
    A vida foi feita pra gente se apaixonar, seja uma, duas, três quantas vezes for necessária, isso não é ser descartável isso é se amar. Não é nada egoísta se colocar em primeiro lugar. Quando o amor não está mais sendo servido, o correto a se fazer é se retirar da mesa. Uns vêm isso como relacionamento descartáveis, outros como a uma nova chance ao amor...
    A gente não pode generalizar as coisas, porque só quem vive aquele relacionamento sabe o que está passando.
    Beijo!

    www.nannamais.com

    ResponderExcluir
  5. As coisas vão rápido e nos somos impacientes. Se tem algo que aprendi no meu relacionamento é que não é tudo um conto de fadas e quem faz dar certo não é o destino.

    ResponderExcluir
  6. Amei seu texto.
    Simplesmente prq ele disse tudo o que eu estava conversando com minha melhor amiga.
    Parece que o mundo está andando mais rápido, e tudo ficou efêmero e descartável.
    Uma pena.

    ResponderExcluir
  7. Hoje em dia está tudo muito fácil, e as pessoas querem relacionamentos fáceis também. Mas não é bem assim que a banda toca, não é mesmo? Gostos e opiniões devem ser respeitados. Conversar, demonstrar carinho, brincar, ver filmes juntos... Não apenas publicar na rede social para ganhar likes e elogios. :/

    ResponderExcluir
  8. Fiquei com o coração pequinininho lendo o seu texto... Tive um "relacionamento descartavel" não durou nem dois meses... No final tu se sente a palhaça da história morro de vergonha só de lembrar...

    ResponderExcluir
  9. É bem difícil esse tema, eu sempre achei que hoje o mundo esta virado e que as pessoas não levam os sentimentos tão a serio.
    Como você disse é muito rápido conhecer, se envolver se apaixonar e num passe de magica tudo acaba.
    Nessa correria dos dias de hoje tudo acontece tão rápido, as pessoas parecem ter medo de envolvimentos mais sérios, cada dia é mais comum esses relacionamentos descartáveis.
    Bjinhos,
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *